Mensagem de Boas-Vindas

 

PHOTO 2020 04 30 15 16 26 1

                                                                                      "Ponte Portuguesa " Debre Libanos

 

Seja bem-vindo ao novo portal da Embaixada de Portugal em Adis Abeba. Aqui poderá encontrar elementos de informação sobre as atividades e serviços da Embaixada, bem como sobre acontecimentos relativos a Portugal e às relações entre Portugal e a Etiópia.

A Embaixada assegura também as funções de Representação de Portugal junto da União Africana.

Na jurisdição da Embaixada de Portugal em Adis Abeba  encontram-se, ainda, as relações com o Djibuti, o Ruanda e o Sudão do Sul.

Mais notíciasNotícias

No âmbito da eleição da Assembleia da República, que decorrerá a 30 de janeiro de 2022, os eleitores residentes no estrangeiro devem verificar e, caso seja necessário, atualizar a morada associada ao cartão de cidadão, podendo fazê-lo presencialmente ou online.

Esta verificação é essencial para garantir que o direito de voto no estrangeiro pode ser exercido sem constrangimentos.

A atualização de morada no cartão de cidadão só produz efeitos no recenseamento eleitoral se a confirmação da mesma ocorrer até ao 60.º dia anterior à data da eleição ou até ao dia da publicação do decreto Presidencial de marcação da eleição, se este for posterior.

Aqui os cidadãos podem obter a chave móvel digital associada ao seu cartão do cidadão e, após registo, consultar a morada.

A atualização da morada pode ser feita junto do posto consular ou online (utilizando para o efeito a chave móvel digital ou o cartão de cidadão + PIN).

Alerta-se para o facto de a alteração de morada efetuada presencialmente no posto ou secção consular produzir efeitos imediatos, enquanto que a alteração online está sujeita à já referida confirmação, pelo próprio cidadão, mediante receção de carta na atual morada contendo diversos códigos.

Recorda-se que estará inativa a inscrição no recenseamento eleitoral para os eleitores cujo cartão de cidadão tenha caducado há mais de 24 meses. Contudo, as inscrições inativas podem ser reativadas com a obtenção ou revalidação do cartão de cidadão, bem como através de nova inscrição voluntária no recenseamento. A reativação só produz efeitos no recenseamento eleitoral caso ocorra até ao 60.º dia anterior à data da eleição ou até ao dia da publicação do decreto Presidencial de marcação da eleição, se este for posterior.

Os cidadãos que têm como documento de identificação o bilhete de identidade com morada no estrangeiro podem verificar o local do seu recenseamento eleitoral junto do posto ou secção consular, ou através de consulta no sítio da internet.


Estes cidadãos podem inscrever-se junto da comissão recenseadora da respetiva área de residência (na secção consular da Embaixada ou no posto consular) até ao 60.º dia anterior à data da eleição ou até ao dia da publicação do decreto Presidencial de marcação da eleição, se este for posterior.

Quanto à forma de votação, os cidadãos residentes no estrangeiro podem exercer o direito de opção entre o voto presencial ou o voto por via postal, até à data de publicação do decreto Presidencial de marcação da eleição, presencialmente, junto da respetiva comissão recenseadora (na secção consular da Embaixada ou no posto consular). Caso o eleitor não exerça o seu direito de opção, terá de votar por via postal.

Recorda-se, por fim, que a inscrição consular não significa que o cidadão esteja inscrito no recenseamento eleitoral

A Administração Eleitoral da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna disponibilizou uma nova plataforma/portal digital destinada aos eleitores, “euEleitor”, que oferece informação sobre o recenseamento eleitoral.

Assim, informa-se que, através da plataforma, será possível:

  • Consultar informação que consta na inscrição dorecenseamento eleitoral.
  • Solicitar a emissão da Certidão do Eleitor Eletrónica.

Para aceder à plataforma “euEleitor” clique aqui.

Informa-se que decorre até ao próximo dia 24 de outubro de 2021 a fase de inscrição das escolas interessadas em participar no Parlamento dos Jovens – edição 2021/2022.

Esta iniciativa da Assembleia da República visa a fomentação da participação cívica e politica através da abertura da Assembleia da República a jovens do ensino básico (2º e 3º ciclos) com o intuito de promover o debate democrático e a incentivar a reflexão e o pensamento crítico.

Este programa irá culminar na realização de duas sessões nacionais na Assembleia da República:

  • Ensino Básico: Fake news: que estratégias para combater a desinformação?
  • Ensino Secundário: Fake news: o impacto da desinformação na democracia.

Assim, as escolas e associações das comunidades portuguesas que lecionem cursos de língua e cultura portuguesas devem enviar um e-mail para parlamento.jovens@ar.parlamento.pt a solicitar o código de acesso para o preenchimento do formulário eletrónico disponível em www.jovens.parlamento.pt.

Mediante a disponibilidade orçamental, serão asseguradas as despesas com os transportes aéreos dos participantes (1 professor e 2 alunos) de uma escola de círculo da Europa e de outra do círculo de Fora da Europa, por cada sessão nacional (básico e secundário) – em regime de reembolso.

A estada em Lisboa será assegurada pela Assembleia da República.

Clique aqui para mais informações. 

Vai decorrer até dia 8 de outubro de 2021 (inclusive), o período de candidaturas para cursos à distância do Instituto Camões, I.P. (1º semestre 2021/2022):

  • Cursos de Português para Estrangeiros:
    • Todos os níveis (entre A1 Básico e C1 Premium);
    • Português para Hispanofalantes (níveis A1 e A2).

 

  • Cursos de Português para Fins Específicos:
    • Português para Negócios;
    • Introdução ao Português Jurídico;
    • Português para Hotelaria.

 

  • Formação de Professores:
    • Didática do Português Língua de Herança;
    • Promoção da Leitura na Era Digital;
    • Tecnologias Móveis para o Ensino de Português L2;
    • Cinema e Vídeo – Desconstrução Pedagógicas;
    • O vídeo como dispositivo pedagógico e possibilidades de utilização didática: produção e edição de conteúdos audiovisuais;
    • Ensino de Línguas Baseado em Tarefas: princípios fundamentais e implementação em sala de aula;
    • Do Presencial ao Online.

 

  • Cultura:
    • Subalternidades no Atlântico Sul;
    • Memórias do Fim do Império.

 

  • Tradução e Interpretação:
    • Tradução e Tecnologias de Informação Linguística.

 

  • Cooperação para o Desenvolvimento:
    • Introdução à Cooperação Internacional para o Desenvolvimento;
    • Boa Governação, Cidadania e Direitos Humanos.

 

Para mais informações, pode consultar o sítio aqui.

Contactos

Yeshi Building, 5º Andar, Bole Road

00251 115575 806/456/764
embportaddis@gmail.com

Mais informação

Ligações úteis

Logotipo Portal das Comunidades Portuguesas

Logotipo Carreiras Internacionais

Logotipo Turismo de Portugal

Logotipo AICEP - Portugal Global

Logotipo Portugal Economy Probe

Logotipo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

Logotipo Instituto Diplomático

ocean conf 2020 vertical e

união africana

 imagem logo fb